o caso (com) Bolsonaro


O Brasil respeita os homosexuais cada vez mais, recentemente com a oficialização da união estável para homossexuais, o desenvolvimento de projetos de leis contra a homofobia e a proliferação das paradas gays por todo o país qualquer um já sabe que é possível conviver com os gays. Mais do que isso: é IMPOSSÍVEL conviver sem os gays, pois eles estão em toda parte.

Seja dando pinta em ipanema, casado com mulher, dando aula, curtindo travesti, enrustido no armário, no ambiente de trabalho ou frequentando os infinitos eventos gay-friendly não é possível que qualquer pessoa acredite que nunca conviveu, teve contato ou participou de qualquer ação junto com um gay pelo menos uma vez na vida, mesmo sem saber que era com um gay com quem estava lidando.

Mesmo assim parece que o deputado do PP Jair Bolsonaro faz questão de dilvulgar a existência de gays, lésbicas, transexuais e qualquer outra vertente do homossexualismo. Este homem tem dedicado uma boa parte do seu tempo se preocupando com o futuro do país diante da convivência com os gays, como se os gays já não participassem da comunidade, da civilização e da democracia onde vive.

Encorajado por outros homofóbicos machistas, o deputado criou uma cartilha anti-gay, alertando as pessoas que seus filhos serão transformados em viados dentro da escola caso o MEC prossiga com uma ação contra a discriminação sexual. Como se não bastasse, ele foi fazer bichisse durante uma entrevista com a Marta Suplicy


Assim ele pode ganhar nosso desprezo, nossa raiva e até podemos ter pena dele. Não porque ele é heterossexual, se pudesse enviar uma dica pro Bolsonaro diria que os gays amam os heterossexuais, pois são os heterossexuais que trazem mais gays ao mundo.

Talvez a pior coisa que um gay pode fazer por um homofóbico é ama-lo. Pensando assim, se todos os gays do país fossem atraídos pelo Bolsonaro, dificilmente ele aguentaria sequer sair de casa. De qualquer modo ele está cada vez mais atraindo atenção para este assunto, fazendo com que as pessoas discutam sobre isso mais do que nunca.

É admirável ver como o deputado promove os gays mais do que os próprios gays. É admirável ver seu poder em atrair tanta mídia sobre a causa gay. São homens assim que tiram o país da inércia forçando as pessoas a tomarem uma posição sobre o assunto, e o melhor: a maioria tem se posicionado contra o deputado.

Horrorizados com sua atitude mesquinha, sua ignorância e seu comportamento de enrustido ferido, todos cultivam uma percepção negativa sobre este incrível senhor que está cavando um abismo com os próprios pés.

Pop Posts